Orquestra da Assembléia de Deus utiliza instrumentos de sopros para buscar evangelização

13/9/2011 [Educação Musical]

Orquestra da Assembléia de Deus utiliza instrumentos de sopros para buscar evangelização

Orquestra da Assembléia de Deus

Para a Orquestra Filarmônica de Vila Nova, situada em Campinas, que faz parte da Assembléia de Deus, a música é importante para preparar os fiéis para receber a palavra e aproximá-los de Deus, além de ajudar no processo de evangelização.

“A música afugenta os espíritos maus, como cita a passagem bíblica de Davi e Saul – Quando o espírito mau vinha sobre o rei Saul, Davi tocava a sua harpa e o espírito se afugentava – I SAMUEL 16,23”, citou Urias Ferreira da Silva, maestro da Orquestra Filarmônica de Vila Nova.

A orquestra é formada, em sua maioria, por membros da comunidade assembleiana, aberta a toda a sociedade, não importa a denominação a que pertença. São aproximadamente 45 músicos por apresentação dentro do templo e 60 músicos quando a apresentação é fora do templo. Tudo depende do local da apresentação.

Os instrumentos de sopros utilizados pela Orquestra são: flautas transversais, clarinetas, saxofones, trompetes, trombones, tuba sinfônico, entre outros. Os músicos desta área são a parte mais experiente da Orquestra, além disso, muitos instrumentos utilizados por eles são Yamaha. Segundo o maestro Urias, a Orquestra utiliza os instrumentos da marca devido à sua ótima condição. “São instrumentos de boa qualidade e boa sonoridade também”, afirma Urias.

A comunidade da Assembléia de Deus também possui uma escola de música que funciona anexa ao templo e todos que desejarem tem acesso ao aprendizado musical e, consequentemente, à orquestra. A escola funciona com 45 a 50 alunos.

Nas igrejas da Assembléia de Deus, a música já faz há muito tempo parte da educação. Praticamente 90% dos jovens e adolescentes passam pelo aprendizado musical e aprendem a tocar algum instrumento. “Toda música que se ouve ou se compõe na igreja é plenamente dedicada a se glorificar a Deus em primeiro plano – I CORINTIOS”, disse Urias.

A Orquestra se apresenta em locais públicos como igrejas evangélicas, católicas, praças, repartições públicas e teatros com um repertório de músicas variadas como a própria liturgia (Sacra), MPB e músicas clássicas como Vivaldi, Beethoven e Mozart. O grupo pode escolher qualquer estilo musical desde que o mesmo seja saudável e de boa qualidade.

Voltar ao início