Flauta doce barroca ou germânica?

15/5/2011 [Instrumentos Musicais]

Cristal Angélica Velloso

A flauta doce germânica surgiu no século XIX com a modificação da digitação das notas fá (flauta doce soprano) e si bemol (flauta doce contralto) com o intuito de simplificar o dedilhado na execução das escalas de dó e fá maior correspondentemente.Essa modificação do dedilhado original barroco facilita a execução de peças nessas escalas tocadas na primeira oitava do instrumento, porém, compromete a afinação de algumas notas acidentadas na segunda oitava.

O flautista doce (Dulcista) profissional utiliza a flauta doce barroca por garantir a afinação e facilidade de execução em todas as oitavas.

Como a flauta doce é utilizada por muitos como instrumento de passagem e não como instrumento profissional, houve a popularização da flauta doce germânica.

Hoje se sabe que a utilização da flauta doce barroca é muito mais vantajosa embora utilize o dedilhado em garfo, pois sua construção garante uma execução mais afinada em todas as tonalidades e regiões do instrumento.

Cristal Angélica Velloso
Coordenadora de Difusão Musical
Yamaha Musical do Brasil

Voltar ao início

  • galeria-de-videos